Desenvolvimento de liga de ferro branco astm a532 classe i tipo d com adição de nióbio resistente ao desgaste abrasivo

Autores

  • Cristian Braga Ferreira Senai
  • Orlando Preti Unisociesc

Resumo

Tendo em vista a constante evolução tecnológica do setor de máquinas e equipamentos e a demanda por soluções que viabilizem a produtividade destes tornando-os mais eficientes faz com que, seja considerado o desgaste por abrasão, visto que, este tem um papel importante devido a peças e partes destes equipamentos terem contato direto com o solo. Assim, este projeto visa desenvolver de uma Liga em Ferro Branco para a utilização em peças e partes de máquinas e equipamentos resistentes a abrasividade no intuito de obter um melhor resultado em relação às ligas utilizadas atualmente. Neste projeto desenvolveu-se a composição química para a obtenção de corpos de prova através dos processos de fundição, tratamento térmico e análises laboratoriais com o intuito de analisar os dados obtidos sobre as amostras. Ao obter uma liga com propriedades mecânicas apresentando resultados acima da atual vislumbra-se agregar valor ao produto final minimizando o tempo de parada do equipamento para a sua substituição visto que estes são elementos de desgaste, com o prolongamento da vida útil, minimizar o impacto ambiental devido aos processos de obtenção e assim buscar a melhoria contínua em relação à pesquisa e desenvolvimento de novos produtos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristian Braga Ferreira, Senai

Engenheiro da Produção graduado pelo Centro Universitário Leonardo Da Vinci (Uniasselvi), Tecnólogo em Gestão de Marketing pela Universidade Norte do Paraná (UNOPAR), Pós-graduado em Engenharia da Produção e Mestrando em Engenharia Mecânica pelo Centro Universitário Sociesc (Unisociesc). É professor Universitário do SENAC Santa Catarina os cursos de Processos Gerenciais, Tecnologia da Informação e Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Especialista de Ensino no SENAI Santa Catariana atuando como professor nos cursos de Engenharia e Tecnologia. Consultor de empresas em sistema em desenvolvimento de produtos e processos, gestão industrial.

Orlando Preti, Unisociesc

Doutor (2014) e Mestre (2005) em Ciência e Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Graduado (1998) em Licenciatura Plena em Metalurgia pela Fundação de Apoio à Educação, Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico do CEFET-PR-CP. Professor nos cursos de bacharelado em Engenharia Mecânica, Produção, Materiais, Metalurgia e Fundição e nos cursos de Mestrado Profissional em Engenharia Mecânica; nos cursos de bacharelado em Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção, no Centro Universitário Sociesc - UNISOCIESC. Professor-Pesquisador e Consultor técnico nas áreas de Metalurgia de Ligas Ferrosas e Não Ferrosas, com ênfase em solidificação (nucleação e crescimento), tratamento térmico e termoquímico, caracterização microestrutural e mecânica com foco em desgaste (abrasivo e adesivo) pela UNISOCIESC.

Publicado

2021-10-05

Como Citar

Ferreira, C. B., & Preti, O. (2021). Desenvolvimento de liga de ferro branco astm a532 classe i tipo d com adição de nióbio resistente ao desgaste abrasivo. Revista E-Tech: Tecnologias Para Competitividade Industrial - ISSN - 1983-1838, 14(1). Recuperado de https://etech.sc.senai.br/edicao01/article/view/1075

Edição

Seção

Artigos