Confiança como instrumento para viabilizar o capital social

uma revisão integrativa

Autores

  • Yohani Dominik dos Santos Figueiredo Universidade Federal de Santa Catarina
  • Carla Zandavalli Universidade Federal de Santa Catarina
  • Alessandro Costa Ribeiro Universidade Federal de Santa Catarina
  • Gertrudes Aparecida Dandolini Universidade Federal de Santa Catarina
  • Patrícia de Sá Freire Universidade Federal de Santa Catarina

Palavras-chave:

Confiança, Capital Social, Organização

Resumo

Este estudo tem por objetivo analisar a relação entre os construtos confiança e capital social, no viés organizacional, percebendo se a confiança é um elemento determinante para propulsão do capital social ou se é apresentada somente como uma variável para construção do mesmo. A metodologia adotada para a presente pesquisa trata-se de uma revisão integrativa. A busca da literatura para a pesquisa foi realizada na base de dados Scopus. Quanto aos resultados, observa-se que, de uma maneira geral, os artigos apresentam a confiança e o capital social como elementos complementares ou como impulsionadores um do outro. Dessa forma, realizou-se uma classificação dos mesmos em duas esferas: i) confiança como elemento determinante para propulsão do capital social, ou ii) confiança como uma variável para construção do capital social. Dentro das esferas criadas para classificação dos estudos selecionados, observou-se que 13 dos 23 documentos selecionados enquadraram-se em “confiança como elemento determinante para propulsão do capital social”, e os 10 artigos restantes, em “confiança como uma variável para construção do capital social”. Ao fim, podemos ter uma melhor compreensão de como diferentes modelos empresariais afetam essas relações, contribuindo para a explicitação do conhecimento e para promoção de ações que possam proporcionar maior efetividade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Yohani Dominik dos Santos Figueiredo, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutoranda e mestre em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), possui MBA em Gestão de Projetos em Engenharia e Arquitetura pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG); experiência com desenvolvimento de projetos de arquitetura residencial unifamiliar, multifamiliar, projetos comerciais, projetos de arquitetura de interiores, acompanhamento de obras e elaboração de instituição de condomínios. Atualmente é membro do Núcleo de Estudos em Inteligência, Gestão e Tecnologias para Inovação (IGTI) da UFSC.

Carla Zandavalli, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutoranda em Engenharia e Gestão do Conhecimento. Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2004). Possui bacharelado em Administração de Empresas pelo Centro Universitário de Maringá (2015) e graduação em Tecnologia em Processamento de Dados pela Fundação Universidade do Contestado – Campus Concórdia (1997). Foi professora dos cursos de bacharelado em Administração, Tecnologia em Processos Gerenciais e Logística e coordenadora de Curso Superior em Logística. Tem experiência na área de logística nacional e internacional, em empresa privada, por mais de quatro anos; e em gestão da qualidade aplicada em serviços. É funcionária pública do Instituto Federal Catarinense, Reitoria – Blumenau, desde 2010, com experiência na Coordenação de Registros Acadêmicos, Assessoria de Relações Internacionais e Coordenação do Núcleo de Inovação (Setor- Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação).

Alessandro Costa Ribeiro, Universidade Federal de Santa Catarina

Possui graduação em Ciência da Computação pela Universidade do Estado de Mato Grosso (2008). Atualmente é doutorando e mestre pelo Programa de Engenharia e Gestão do Conhecimento da UFSC. Servidor Público vinculado ao Campus de Nova Mutum da Universidade do Estado de Mato Grosso. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Inteligência Artificial e Banco de Dados.

Gertrudes Aparecida Dandolini, Universidade Federal de Santa Catarina

Professora titular da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mestre (1997) e doutora em Engenharia de Produção (2000), e licenciada em Matemática (1992) pela UFSC. Foi professora da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) entre 2003 e 2007, onde foi coordenadora dos cursos de licenciatura. em Matemática presencial e a distância. Foi pesquisadora da Universidade Aberta do Brasil (UAB) entre 2007 e 2011. Foi coordenadora e subcoordenadora do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento (PPGEGC) entre 2016-2017 e 2018-2019. Atualmente é líder do Grupo de Pesquisa Inteligência, Gestão e Tecnologia para Inovação (IGTI) e membro do ENGIN - (Engenharia da Integração e Governança do Conhecimento). Ministra na graduação: Teoria Geral dos Sistemas, Criatividade e Inovação e Gestão da Inovação. Na pós-graduação, é professora do PPGEGC/UFSC na área de inovação. Linhas de pesquisa: Front End da Inovação, Inteligência para Inovação, Gestão de Inovação, Inovação Social e Universidade Corporativa.

Patrícia de Sá Freire, Universidade Federal de Santa Catarina

Durante mais de 30 anos, foi consultora de gestão de mudanças estratégicas e pessoas para a inovação. Hoje é professora do Departamento de Engenharia do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina, assumindo o cargo de Coordenadora de Ensino. Doutora em Engenharia e Gestão do Conhecimento pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento/ UFSC (2013). Mestre em EGC/UFSC (2010). Autora de 3 livros e mais de 100 artigos científicos publicados em congressos nacionais e internacionais, periódicos e capítulos de livros, destacando a coautoria de capítulos da obra Interdisciplinaridade em Ciência Tecnologia & Inovação, contemplada com 2º lugar no Prêmio Jabuti no ano de 2011. Por dois anos seguidos, 2011 e 2012, foi escolhida como um dos cinco executivos de excelência em Gestão do Conhecimento no Brasil pelo MAKE Award Brasil. Ganhou o primeiro lugar geral do Prêmio de Mérito Acadêmico do Programa de Pós-Graduação EGC/UFSC em 2009 e o primeiro prêmio para a área de gestão do conhecimento em 2010. Possui graduação em Pedagogia, com habilitação em Tecnologias da Educação, pela PUC/RJ (1986). É especialista em Marketing pela ESPM/RJ (1987) e em Psicopedagogia pela UCB/ RJ (2006). Atualmente é líder do Laboratório ENGIN (Engenharia da Integração e Governança do Conhecimento para a Inovação) e membro dos Grupos IGTI (Núcleo de Inteligência, Gestão e Tecnologia para a Inovação/UFSC) e do KLOM (Interdisciplinar em Conhecimento, Aprendizagem e Memória Organizacional/UFSC). É editora do International Journal of Knowledge and Management (IJKEM). O foco das pesquisas, ensino e extensão tem sido o modelo Universidade Corporativa em Rede; Engenharia da Integração de Ativos do Conhecimento; Práticas, técnicas e ferramentas de Gestão do Conhecimento; Governança do Conhecimento e da Aprendizagem Organizacional; Governança Multinível; Centro de Memória e Comunicação Organizacional; Gestão de Mudanças Estratégicas e Pessoas para a Inovação.

Downloads

Publicado

2020-11-30

Como Citar

Figueiredo, Y. D. dos S., Zandavalli, C., Ribeiro, A. C., Dandolini, G. A., & Freire, P. de S. (2020). Confiança como instrumento para viabilizar o capital social: uma revisão integrativa. Revista E-Tech: Tecnologias Para Competitividade Industrial - ISSN - 1983-1838, 13(1), 7–26. Recuperado de https://etech.sc.senai.br/edicao01/article/view/1079

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)