Avaliação dos estilos de aprendizagem em universitários

uma revisão sistemática

Autores

  • Cleunisse Aparecida Rauen De Luca Canto SENAI/SC
  • Rogério Cid Bastos, Dr. Universidade Federal de Santa Catarina

Palavras-chave:

Estilos de aprendizagem, Avaliação, Gestão do conhecimento, Instrumento de avaliação

Resumo

Objetivo: Identificar como são avaliados os estilos de aprendizagem em universitários e qual a sua correlação com a prática educacional. Design/Metodologia/Abordagem: Este artigo apresenta os resultados de uma revisão de literatura sobre a avaliação dos estilos de aprendizagem em universitários. Para a coleta e seleção de artigos foram utilizados procedimentos de revisão sistemática, em fevereiro de 2019. Os artigos selecionados foram analisados por meio da categorização conceitual de suas variáveis e resultados. O check-list PRISMA direcionou as etapas da pesquisa. Resultados: Dos 58 artigos selecionados na revisão, 16 (28%) atenderam aos critérios de elegibilidade. Os resultados mostraram a Turquia como o país que mais contribuiu com estudos. ‘Estilo cognitivo de aprendizagem’ foi o descritor de maior destaque (72%) e ensino superior esteve presente em 56% deles. Todos os artigos utilizaram algum instrumento de avaliação, totalizando 13 modelos diferentes. Os estilos de aprendizagem visual, auditivo e cinestésico foram os mais citados entre os estudos. Limitações da pesquisa (se aplicável): A utilização de diferentes instrumentos de avaliação, com abordagens distintas, dificultaram as correlações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cleunisse Aparecida Rauen De Luca Canto, SENAI/SC

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento (EGC/UFSC), área de concentração: Engenharia do Conhecimento. Mestre em Psicopedagogia (UNISUL) com experiência de 10 anos em atendimento clínico. Especialista em Gerenciamento de Projetos (FGV). Graduação em Educação e TI. Autora de livros e de artigos científicos publicados em congressos, periódicos e como capítulos de livros. Indicada como finalista na seleção dos melhores artigos apresentados no 30º ENANGRAD, em 2019. Atuação na Educação Superior como suporte ao processo de supervisão e regulação (INEP/MEC), conseguindo conceitos de excelência em todas as avaliações (IES e Cursos). Atua na coordenação do ensino superior na Mantenedora, com foco na elaboração de diretrizes para processos de gestão das Faculdades SENAI, bem como na implantação de novos cursos, polos, unidades vinculadas, processos EaD, credenciamentos, recredenciamentos, implantação de polos, transformação da organização acadêmica, entre outros. Avaliadora do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (BASis) para credenciamento e recredenciamento de IES, presencial e EaD. Docente da Pós-Graduação Lato Sensu, com ênfase em neurociência, em como as pessoas aprendem (cognição e metacognição); nos processos de aquisição do conhecimento; nos processos de ensino e de aprendizagem; na avaliação da aprendizagem; nos processos de inclusão; nas metodologias ativas de aprendizagem; na metodologia do ensino superior; na qualidade da informação; e em transformação digital. Atuação comprovada na educação presencial e EaD, tanto na graduação, quanto na Pós-Graduação e na Extensão. Membro efetivo do corpo editorial da Revista E-Tech: Tecnologias para a competitividade industrial e do Conselho Superior das Faculdades SENAI.

Rogério Cid Bastos, Dr., Universidade Federal de Santa Catarina

Possui graduações em Estatística pela Universidade Federal do Paraná (1978); Ciências Jurídicas e Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1979); mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (1983); especialização em Engenharia de Sistemas pela Universidade Técnica de Lisboa (1988); e doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (1994). É professor titular da Universidade Federal de Santa Catarina. Ocupa, desde maio de 2016, o cargo de Pró-reitor da Próreitoria de Extensão da Universidade Federal de Santa Catarina. Possui ampla experiência administrativa na gestão do Ensino Superior. Pesquisa temas relacionados a Sistemas de Conhecimento, com ênfase em: tratamento de incerteza; análise estatística; análise e tratamento de informação e empreendedorismo. Publicação superior a 35 artigos completos em periódicos e revistas, mais de 90 trabalhos apresentados em congressos e eventos científicos e dezenas de participações em bancas de concurso público em ensino superior.

Downloads

Publicado

2020-11-30

Como Citar

Canto, C. A. R. D. L., & Bastos, R. C. (2020). Avaliação dos estilos de aprendizagem em universitários: uma revisão sistemática. Revista E-Tech: Tecnologias Para Competitividade Industrial - ISSN - 1983-1838, 13(1), 141–158. Recuperado de https://etech.sc.senai.br/edicao01/article/view/1091

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)