Análise das causas de evasão escolar nos cursos de aprendizagem industrial de uma unidade de educação profissional do SENAI/SC no ano de 2012

Autores

  • Ricardo Maximo Anzolin SENAI/SC -São José
  • Wagner Luiz Kreling SANEPAR e SENAI/PR

DOI:

https://doi.org/10.18624/e-tech.v0i0.398

Palavras-chave:

Evasão escolar, Aprendizagem industrial

Resumo

Este artigo analisou as causas da evasão escolar registradas no ano de 2012 nos cursos da modalidade de aprendizagem industrial de uma unidade do SENAI/SC. A investigação propôs, entre seus principais objetivos, classificar e examinar os motivos declarados de evasão pelos estudantes e comparar as práticas de uma unidade analisada com as práticas da unidade benchmark, no índice de evasão, do SENAI/SC. Inicialmente, discute-se sobre o problema de evasão escolar no Brasil. Devido à escassez de informações sobre evasão na educação profissional, apresentam-se dados de uma pesquisa nacional que investigou os motivos de evasão de estudantes da escola regular, que possibilitou a análise comparativa com o estudo em questão. Também se levou em conta a experiência americana, que possui organizações que estudam a dissidência escolar através da identificação de programas-modelo de prevenção do referido problema. Há gráficos com informações que foram coletadas na base de dados da instituição e por meio de entrevistas com coordenadores da modalidade na unidade analisada. Esses dados foram, logo a seguir, analisados e comparados. Identificou-se que os principais motivos de evasão foram: a mudança de curso da aprendizagem industrial para cursos técnicos ofertados pelo PRONATEC, e a necessidade de trabalhar, esta constatada como uma consequência relacionada diretamente com as dificuldades financeiras da família do estudante. Quanto à análise comparativa da unidade benchmark com a unidade analisada, abordou-se aspectos quantitativos e qualitativos das práticas de gestão da modalidade de ambas as unidades. Finalmente, apresentam-se as conclusões e sugestões à unidade analisada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Maximo Anzolin, SENAI/SC -São José

Graduado em Engenharia Mecânica pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC) em 2003 e especialista em Gestão da Produção (UNOESC) em 2007. Trabalha no SENAI/SC desde março de 1993. Atuou como docente e gestor nas modalidades de aprendizagem industrial, qualificação profissional, cursos técnicos e superior de tecnologia nas unidades de São Bento do Sul e Luzerna. Atuou por 10 anos na função de coordenador de núcleo de negócio da área eletromecânica. Atualmente exerce a função de Gerente Técnico de Educação na unidade do SENAI/SC em São José/Palhoça.

Wagner Luiz Kreling, SANEPAR e SENAI/PR

Graduado em Geografia pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) em 1987. Mestre em Geografia pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) em 2003. Foi professor da Universidade Norte do Paraná (UNOPAR), por 06 anos, na área de gestão e de meio ambiente. Por 05 anos foi coordenador geral do Consórcio Intermunicipal da Bacia do Tibagi (COPATI) e por 06 anos coordenador da Agência de Bacia do Rio Tibagi - Instituto das Águas do Paraná (antiga SUDERHSA), órgão vinculado à Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná. Foi analista ambiental da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização de Londrina (CMTU). Foi docente e coordenador do curso Fabricação Mecânica, da Faculdade de Tecnologia SENAI Londrina, entre 2012 e 2013. Em 2012 também foi professor do curso de Geografia da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP). Atualmente é Gestor de Educação Socioambiental na SANEPAR - Cia. de Saneamento do Paraná, coordenador e professor do curso de pós graduação MBA Gestão Integrada do Meio Ambiente, do SENAI/SC em Londrina, e também orientador de trabalhos de pós-graduação de cursos oferecidos pelo SENAI/ SC. É responsável técnico pela empresa de consultoria Rhisa Ambiental Ltda. Tem experiência na área de Recursos Hídricos, Educação Ambiental, Resíduos Sólidos, Análise Ambiental, Sistema de Gestão (Ambiental).

Downloads

Publicado

2013-12-09

Como Citar

Anzolin, R. M., & Kreling, W. L. (2013). Análise das causas de evasão escolar nos cursos de aprendizagem industrial de uma unidade de educação profissional do SENAI/SC no ano de 2012. Revista E-Tech: Tecnologias Para Competitividade Industrial - ISSN - 1983-1838, 73–90. https://doi.org/10.18624/e-tech.v0i0.398